PRERROGATIVAS, UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA!

MATO GROSSO - 17ª SUBSEÇÃO DE SORRISO

Newsletter


Ir para opção de Cancelamento

Agenda de Eventos

Julho de 2019 | Ver mais
D S T Q Q S S
# 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 # # #

Notícia | mais notícias

OAB Peixoto de Azevedo requer instalação de unidade da PRF na cidade de Matupá

25/06/2019 13:47 | Segurança
Foto da Notícia: OAB Peixoto de Azevedo requer instalação de unidade da PRF na cidade de Matupá

Foto: Site Notícia VIP

 
    imgA mudança da Unidade Regional da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Nova Santa Helena para o município de Matupá, no norte do Estado, foi debatida pelo presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) de Peixoto do Azevedo, Marcus Macedo, e o chefe regional do órgão, Leonardo Ramos, com o prefeito de Matupá Valtinho Miotto. A intenção de mudança é da Superintendência Estadual da PRF.    
 
    Uma carta de intenções deve ser elaborada e oficializada junto ao governo municipal de Matupá, assim como o projeto da sede, a planilha de custos e a escolha da área a ser instalada a unidade em um trecho da BR-163 entre a ponto do Rio Peixoto e o trevo de entrada para a cidade.
 
    O chefe da Unidade Regional da PRF, Leonardo Ramos, destacou que a localização estratégica do município, no entroncamento das rodovias BR-163 e MT-322, os estudos e dados da potencialidade e desenvoltura da macroeconomia regional, a expansão agropecuária, a infraestrutura e a logística do escoamento da safra de grãos do Mato Grosso até o porto de Miritituba (PA), dentre outros fatores, favorecem a implantação do órgão em Matupá. Ele lembrou sobre o grande fluxo de veículos pesados que atravessam a Cuiabá-Santarém (BR-163) e os índices de acidentes com vítimas fatais no trecho. 
 
    A prefeitura de Matupá demonstrou interesse na proposta, que estaria avalizada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. Com a possível implantação da Unidade Regional da PRF em Matupá, a previsão é de que haja investimentos imediatos na aquisição de viaturas, de equipamentos tecnológicos e no aumento do efetivo em pelo menos 30 policiais rodoviários federais, além de material bélico. 
 
    “Agradecemos a acolhida e receptividade do prefeito Valtinho Miotto. Temos a convicção de que este projeto poderá se tornar realidade e agregar à Segurança Pública. A concretização dessas tratativas resultará na redução de acidentes, salvamento de vidas, combate ao tráfico de drogas e ao contrabando de mercadorias e armamentos, roubos de cargas, além da otimização do patrulhamento das vias federais a fim de evitar crimes de trânsito e fiscalização do tráfego”, salientou o chefe local da PRF.   
 
    A subseção de Peixoto de Azevedo da OAB-MT solicitou a instalação de uma unidade da PRF entre a cidade e Matupá, tendo em vista o uso da BR-163 na região como via urbana dos dois municípios e, em virtude de disso, o aumento de acidentes com vítimas fatais no trecho, além de crimes.
 
    “Nós entendemos que é de suma importância para a região do Vale do Peixoto. Percebemos que toda a região onde tem unidade da PRF ativa não tem histórico, por exemplo, de crimes na modalidade do velho cangaço (assalto a bancos com uso de vítimas como escudo humano). Então, isso vai trazer uma segurança não apenas nas rodovias, mas também a toda população das cidades. Temos dado o nome de rodovia da morte à BR-163 no trecho em virtude dos altos índices de morte. Veículos irregulares circulando, condutores embriagados, menores dirigindo e pilotando. É de suma importância a implantação desse posto da PRF porque realmente vai trazer mais segurança e salvar vidas”, finalizou Marcus Macedo.
img
 
Com site Notícia Vip
 
 
Assessoria de Imprensa OAB-MT
imprensaoabmt@gmail.com
(65) 3613-0929
www.twitter.com.br/oabmt
www.facebook.com.br/oabmatogrosso

Facebook Facebook Messenger Google+ LinkedIn Telegram Twitter WhatsApp